4 de março de 2010

O sexo anda insosso?

 
Faça uma massagem cheia de muitas intenções..
Atire a primeira pedra o casal que manteve, durante toda a relação, a chama do tesão acessa e nas alturas! É mais que normal que o clima, vez ou outra, dê uma esfriada - mas não a ponto de congelar, claro. Só que nós, mulheres modernas e de atitude que somos, sabemos que é possível lançar mão de algumas estratégias que colocam os hormônios dos homens para funcionar a todo vapor. E não é só vestindo aquela lingerie provocante ou testando os mais variados produtos do sex shop que você pode fazer isso. Uma boa e demorada massagem, com doses – cavalares, de preferência – de sensualidade, pode deixar seu parceiro nervoso, de tanto tesão, claro. E aí, uma vez elevada a temperatura, é só partir para o abraço.
Ter mãos habilidosas e sensíveis é um atributo e tanto. Um homem que sabe massagear os músculos de uma mulher e gosta de fazê-lo tem tudo para ser irresistível. O cara que faz bem massagem consegue tudo, porque a massagem acaba virando uma longa preliminar, coisa que eles normalmente não dão tanta importância. Entretanto, para variar, faltam homens com essas qualidades no mercado. O cara vai lá, todo carinhoso fazer uma massagem e, literalmente, erra a mão. E aí é que nem orgasmo, tem que fingir. Affff

Nossa cultura é muito genitalizada. Só que existem outras partes do corpo, como pés, orelhas e pernas altamente sensíveis.
Esse problema de falta de sintonia na hora do toque já é velho conhecido dos terapeutas sexuais. 

É muito comum o terapeuta recomendar ao casal que um demonstre ao outro como gosta de ser tocado. A massagem sempre é positiva, mas tem que saber como tocar num determinado corpo, se é de uma maneira mais bruta ou mais leve; quais locais dão prazer, quais incomodam. Dizemos para eles tomarem banho com sabonete líquido, um ensaboar o outro e a si mesmo também. Para encontrar o prazer a dois, nada melhor do que conhecer bem o próprio corpo. Aliás, recomendo o uso do sabonete líquido para todas as pessoas. Ele te obriga a se tocar, você sente seu corpo, sua perna, o seu peito. Na nossa cultura, as pessoas não tocam muito no próprio corpo, nem no do outro.

Como assim o toque não é muito a nossa praia? Parece paradoxal se, afinal de contas, sabemos direitinho que uma das coisas que os homens mais gostam é passar a mão. O problema é que essas mãos têm destino certo: ou vão pro bumbum, ou pros peitos ou... voces sabem pra onde. Os adeptos do sexo estilo pá-pum – aquele que vai direto ao ponto e pronto! – não fazem idéia do poder que o toque nos mais variados pontos do corpo tem. O ato sexual envolve o corpo todo. Deve-se encarar o corpo do parceiro como uma coisa só. Ao fazer uma massagem, cada pedacinho deve ser tratado com carinho e atenção.

Se a sua vida sexual anda meio insossa, tome nota de algumas dicas que podem te ajudar e muito na hora de estimular o seu parceiro com uma massagem. 

  • Preparar o ambiente é importante para ativar os sentidos. Quanto mais os sentidos estiverem despertos, maiores são as possibilidades de prazer, (isso eu garanto),coloque uma boa música, de preferência suave e de um único estilo. 
  • O olfato pode ser estimulado com velas aromáticas, essências ou incensos. 
  • Quanto ao paladar, vale a pena deixar à disposição uma bandeja com frutas afrodisíacas, como morango e uvas. 
  • Sobre a cama você pode jogar pétalas de rosas ou plumas e colocar almofadas ao redor do corpo dele para que fique bem aconchegante. Não tem quem não veja estrelas mesmo em noite de chuva.
Não precisa ser especialista para desenvolver um método que leve o seu namorado, ficante ou mesmo marido de longa data às alturas. Basta ter um mínimo de sensibilidade e... empenho! Não precisa ter conhecimento algum em técnicas de massagem, mas sempre que faz em meu parceiro estou com segundas, terceiras, quartas intenções. Eu uso um hidratante que estiver à mão, apago a luz e me dedico! Como não sou uma menina nem boba nem nada, exploro a maior quantidade de pontos possíveis. Gosto de fazer no corpo todo. Começo nos pés, vou para as batatas, pernas, bumbum, costas, braços, ombros, pescoço e até na cabeça. Massagem na cabeça? Ah, faço um carinho, aperto o couro cabeludo, invento!. Mas, atenção!, os detalhes mais estratégicos estão por vir. Ele tem que estar só de cueca. Peço para ficar parado e, enquanto faço, deixo meu corpo tocar no dele, como quem não quer nada. Aí peço para ele virar de frente. Então, começo pelos pés de novo e vou chegando perto, perto... sem tocar lá! Só pego lá quando ele não está mais agüentando e me pede. E aí começa tudo! Lembrando heim gente, essa história de que homem não gosta de preliminares é balela. Eu garanto. A massagem é excitante tanto para quem faz como para quem recebe, sentir o corpo do outro é um dom que pode estar em qualquer lugar, tem que ser suave misturada com bastante carinho.

Pontos como as orelhas e a nuca são considerados bastante eróticos. Depende de cada pessoa. Cabe ao casal descobrir seus locais preferidos.
Enfim, uma coisa é certa: casais que costumam se massagear intensificam a intimidade e tendem a se conhecer melhor, obtendo resultados mais satisfatórios na hora de proporcionar prazer ao outro. É uma terapia maravilhosa. Eu diria que toda relação amorosa deveria conter esse item da massagem e do toque. Casais que têm esse costume vão se dar melhor não só durante o sexo como também na relação afetiva. Então, o que você está esperando? Mãos à obra e tenham felicidades de sobra! 
Bjs doces. Virgínia Lupinni.
Postar um comentário

Translate