29 de julho de 2012

***Você sabe se amar??**

Amar a si não tem nada a ver com o egoísmo. O egoísta é um ser vazio e solitário que precisa cada vez mais de coisas e pessoas que o preencham. O amar a si é se priorizar; não em detrimento do outro, mas em prol de seu equilíbrio.
Vejamos algumas a situações muito simples, que expressam a necessidade de se priorizar, de se amar, que as vezes não percebemos dentro de nosso cotidiano;
- Como uma mãe dará educação , amor, equilíbrio ao seu filho se ela não se priorizar, não estiver bem consigo mesma?
- Como um gerente comandará com equilíbrio sua equipe, atingindo resultados, buscando metas, se ele não estiver bem consigo mesmo?
- Como uma pessoa poderá escolher um(a) parceiro(a) com qualidades necessária para um relacionamento se ela não estiver bem consigo mesma?
- Como um professor formará cidadãos, que produzirão frutos no futuro, se ele não estiver bem consigo mesmo?
Vou direto ao assunto, não estamos acostumados a "nos" priorizar. Sempre pensamos primeiramente no outro com a falsa sensação de que, se não o priorizarmos, ele nos rejeitará, nos abandonará, e esse tipo de pensamento é um grande equívoco!
Quanto mais dependo do outro, mais eu me mostro insegura e que não me sinto bem comigo mesma.
Quanto mais me sinto frágil e dependente, menos poder de seletividade para escolher um parceiro eu terei.
Existe uma situação que sempre uso de exemplo: quantas pessoas vão com os amigos comerem aquela famosa pizza, ao ser questionado sobre qual o sabor pedir, respondem com maestria: “qualquer uma.....eu como de tudo!”. 
Isto mostra como nos posicionamo diante da vida, não sabemos  nem o que queremos da dela, pois não nos priorizamos, não nos amamos. Se todos pensarem bem, sabemos sim o que queremos, o que buscamos e qual é o sabor da pizza que gostamos. 
Infelizmente, cada vez mais pessoas se esquecem de sua própria vida, de seus prazeres, de seu hobby, por causa de um relacionamento, por causa da empresa em que trabalha, enfim, para  a expectativa do mundo, e  certamente essas pessoas vão se frustrando, adoecendo e perdendo a motivação de viver.
Na vida temos alguns núcleos importantes como FAMÍLIA, TRABALHO, AMIGOS, RELACIONAMENTO, porém nunca nenhum desses núcleos poderá consumir mais destaque do que o núcleo EU. Afinal, quando o EU está bem, certamente conseguimos lidar com os outros, que poderão estar em desequilíbrio. Já o contrário será impossível.
Começar a se priorizar, se olhar e, principalmente, "SE AMAR"!!!

Cuide bem de você!
Bjs doces,

Postar um comentário

Translate