13 de junho de 2011

***Amar faz bem***.


Nunca estou solteira. Vivo um eterno caso de amor comigo mesma. Vez ou outra, permito que alguém mais carente entre em minha vida e tenha o imenso prazer de conhecer uma pessoa tão especial como eu. Quando alguém vai embora, lamento sempre que não tenha tido fibra suficiente para aguentar meu brilho. Mas, assim é a vida: os mais fortes ensinam aos mais fracos a verdadeira arte de ser feliz.
Postar um comentário

Translate