24 de março de 2011

SINCRONICIDADE (LINGUAGEM DO DIVINO)

- Às vezes a gente precisa de muita coragem para abandonar estruturas que a gente construiu durante toda a vida, e, de repente ter a coragem de seguir alguns sinais que aparecem em nossos caminhos. O universo tem uma lei.
Quando você olha prá cima e vê aquele céu todo, aquele monte de estrelas tão harmoniosas, e, na verdade essa coisa toda a gente às vezes desconhece, nós ficamos perdidinhos quando algo muda e foge das nossas mãos. E não deixamos nossa vida mudar facilmente. É como se a gente segurasse o destino andando sempre com o freio de mão puxado. Mas, quando finalmente a gente aceita que o destino não nos pertence, que existe no universo uma trama de fios mais grandiosa e complexa, tudo muda, tudo parece de repente clarear. Ficamos mais atentos aos sinais que se entrelaçam amorosamente e que eu chamo de DESÍGNIOS DE DEUS, planos de DEUS.
Aí, quando a gente faz isso, a gente relaxa. Deixamos de ser um ego que tenta controlar tudo a qualquer custo.
Finalmente, quando a gente cede, a gente muda, e normalmente mudamos prá melhor, e a isso eu chamo de SINCRONICIDADE.
E quando ela se manifesta, é porque veio para nos preparar alguma coisa, que são muitas vezes pequenos milagres em nossas vidas. Por um acaso você se lembra de: nossa senhora que coincidência! (Eu não acredito em coincidência).
Neste momento (hoje, agora), você pode perceber que em algum momento durante esta semana, você se pegou dizendo: nossa que coincidência – porque eu não percebi isto antes – porque eu não vi que isto estava acontecendo!!!
Por exemplo: um encontro que acabou se transformando no seu grande amor, ou mesmo em um evento você revê alguém e que dali prá frente esse alguém venha a ser um apoio, ou mesmo um encontro com um amigo que disse alguma coisa que mexeu com suas emoções, suas estruturas emocionais, seus sentimentos, seus pensamentos, ou então um pequeno gesto que faz com que você se toque para determinada situação. Existem momentos em nossas vidas, em nossos sonhos, sentimentos, pensamentos, que os sinais parecem nos dizer que não existe coincidência, que há um motivo profundo prá tudo que acontece.
Esse fenômeno eu chamo de SINCRONICIDADE – LEI DIVINA – LEI DE DEUS. Pense nisso e passe a reparar nos sinais que te cercam...

Bjs doces!!
Virgínia Lupinni.
Postar um comentário

Translate